Do poeta Horácio, ode I,5. – com Wagner Schadeck et Reliqua.

Horácio, Ode I,5 – traduções, com Wagner Schadeck e outros.

Leveza e Esperança

Ode I, 5 de Horácio* – revisitada em 4 versões.

Quinto Horácio Flaco, Horácio, poeta lirico e satírico Quinto Horácio Flaco, Horácio

Saiba porque WS supera-se, ao termo dessa viagem.*

Deixei em santa parede as úmidas

roupas ao deus.

Senhor dos mares.

I – A tradução (ou libérrima adaptação) de Haroldo de Campos.

Quem, Pirra
agora
se lava em rosas
(pluma e latex)

na rosicama do
teu duplex?
Quem,

onda a onda,
do teu cabelo
desfaz a trança

platino-blonda?
Pobre coitado
inocente inútil

vai lamentar-se
para toda a vida.

Um deus volúvel
mais do que a brisa
muda em mar negro

seu lago azul.
Pensava que eras
dócil-macia

toda ouro mel.
Não és. Varias

(Ah quem se fia
no fútil brilho
desse ouropel!)

Eu, por meu turno,
todo ex-aluno,
esta oferenda

ao deus Netuno
padripotente
no teu vestíbulo

deixo suspensa
(vide a legenda):
VMIDA AINDA
A TVNICA

(Tradução de Haroldo de Campos)

+++++

Ode I, 5

II. Nelson…

Ver o post original 302 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s